XII Simposio Internacional de Estructuras y Geotecnia 2019 -XII Coloquio de Geotecnia y Cimentación

XII Simposio Internacional de Estructuras y Geotecnia 2019

XII Coloquio de Geotecnia y Cimentación

Estabilidade de Taludes Rochosos: Estudo de Caso nas Rodovias BR-304 e BR-226 no Nordeste Brasileiro

Resumen [ES]

Problemática: Ao longo do percurso de uma estrada existem variações das condições geológicas, geotécnicas e topográficas. Consequentemente, são acarretadas alterações na seção-tipo, que afetam diretamente a estabilidade dos taludes rochosos. Quando não analisados devidamente, podem apresentar manifestações patológicas durante a sua vida útil. • Objetivos: Realizar um levantamento dos principais taludes de corte em rocha em trechos das rodovias BR-304 e BR-226 no estado do Rio Grande do Norte, localizado no Nordeste brasileiro, identificando os mais suscetíveis à ocorrência de movimentos de massa e suas possíveis causas. • Metodologia: O estudo em campo foi efetivado a partir da avaliação de reproduções fotográficas, as quais apresentam evidências de taludes com deslizamentos de blocos e detritos rochosos na seção da rodovia, bem como taludes estabilidade e margem de distância de sua base até a pista de rolamento. • Resultados e discussão: O principal problema identificado na rodovia BR-304 foi o grau de alteração das rochas, tendo como causa o período de exposição das mesmas às variações de temperatura, influência de raízes vegetais e outros agentes intempéricos. Na BR-226, foram identificados poucos desgastes nos taludes de corte em rocha, porém com alturas significativamente maiores, fator potencial de risco à segurança dos usuários. • Conclusões: A estabilidade de um talude não está associada somente a fatores naturais, visto que a sua geometria afeta diretamente no comportamento mecânico da estrutura. Constatou-se que existe a necessidade de estudos específicos que avaliem as características geométricas adequadas para trechos de corte e taludes de maior altura.

Resumen [EN]

Problemática: Ao longo do percurso de uma estrada existem variações das condições geológicas, geotécnicas e topográficas. Consequentemente, são acarretadas alterações na seção-tipo, que afetam diretamente a estabilidade dos taludes rochosos. Quando não analisados devidamente, podem apresentar manifestações patológicas durante a sua vida útil. • Objetivos: Realizar um levantamento dos principais taludes de corte em rocha em trechos das rodovias BR-304 e BR-226 no estado do Rio Grande do Norte, localizado no Nordeste brasileiro, identificando os mais suscetíveis à ocorrência de movimentos de massa e suas possíveis causas. • Metodologia: O estudo em campo foi efetivado a partir da avaliação de reproduções fotográficas, as quais apresentam evidências de taludes com deslizamentos de blocos e detritos rochosos na seção da rodovia, bem como taludes estabilidade e margem de distância de sua base até a pista de rolamento. • Resultados e discussão: O principal problema identificado na rodovia BR-304 foi o grau de alteração das rochas, tendo como causa o período de exposição das mesmas às variações de temperatura, influência de raízes vegetais e outros agentes intempéricos. Na BR-226, foram identificados poucos desgastes nos taludes de corte em rocha, porém com alturas significativamente maiores, fator potencial de risco à segurança dos usuários. • Conclusões: A estabilidade de um talude não está associada somente a fatores naturais, visto que a sua geometria afeta diretamente no comportamento mecânico da estrutura. Constatou-se que existe a necessidade de estudos específicos que avaliem as características geométricas adequadas para trechos de corte e taludes de maior altura.

Sobre el ponente

Ing. André Augusto Nóbrega Dantas

Ing. Ing. André Augusto Nóbrega Dantas

Instituto Federal de Goiás Flag of Brasil

Profesor

Información Práctica
No Presencial
Spanish / Español
No definido
30 minutos
No definido
Autores
Ing. Vinicius alves costa
Ing. Bruma morganna mendonça de souza
Ing. Paulo leite souza júnior
Ing. Rafaella fonseca da costa
Ing. Lucas fonseca fernandes
Ing. Ing. André Augusto Nóbrega Dantas
Ing. Weber anselmo dos ramos souza
Palabras clave
corte em rocha
estabilidade de taludes
movimentos de massas
taludes